Plutão
EXPLORANDO O SISTEMA  SOLAR EXPLORANDO O SISTEMA  SOLAR ATIVIDADES PEDAGÓGICAS ATIVIDADES PEDAGÓGICAS
Explorando o sistema solar ……
Sol
Lua
BÁSICO INFANTIL INFANTIL AVANÇADO AVANÇADO
Todas as imagens utilizadas neste site pertencem a terceiros, que gentilmente permitiram sua utilização, assim sendo não podemos autorizar a utilização das imagens deste site. © CIÊNCIA-CULTURA.COM - Responsável - Ricardo Pante
Como é Plutão  ? Plutão foi descoberto em 1930 pelo astrônomo americano Clyde Tombaugh. Por muitos anos, Plutão foi chamado de planeta. Era o menor planeta do Sistema Solar e ocupava a nona posição em relação ao Sol. Hoje, Plutão é considerado um planeta anão. Um planeta anão é redondo e viaja ao redor do Sol, assim como os oito planetas do nosso sistema solar. Mas ao contrário de um planeta, um planeta anão não tem gravidade suficiente para atrair toda a poeira e minúsculos pedaços de rochas que encontra pelo caminho, enquanto viaja ao redor do Sol. Um planeta anão é também muito menor do que um planeta, mas não é uma lua. A sonda americana New Horizons da NASA, em 2015 revelou pela primeira vez características de Plutão, um planeta complexo e misterioso, além de informações sobre a provável formação do planeta e sua maior lua, Charon. Esta imagem criada por um artista representa a superfície gelada de Plutão. A luz do Sol é mais fraca daquela que chega na superfície da Terra, porém não é tão escuro como poderiamos imaginar. Com a quantidade de luz que chega na superfície de Plutão, daria para ler um livro. Entre o Sol e a superfície de Plutão vemos a lua Caronte.  Image Credit: NASA/Southwest Research Institute/Alex Parker Terra Plutão Caronte Esta imagem apresenta uma visão de Plutão e sua lua Caronte comparados com a Terra. Desta forma podemos visualizar o tamanho de Plutão e sua lua mais importante. NASA Medições recentes indicam que Plutão tem um diâmetro de 2370 km, enquanto Caronte tem um diâmetro de 1 208 km.   Sonda americana New Horizons que pesquisou sobre Plutão fez o seu primeiro sobrevoo em 14 de julho de 2015, tirando fotos da superfície do planeta rochoso, dando-nos uma nova visão sobre sua geologia, composição e atmosfera.  Movimento de translação  Plutão crédito: http://www.spacetime.com.au/ O que é o movimento de translação? É o movimento que o planeta faz ao redor do Sol, como pode ser visto no vídeo abaixo. Rotação de Plutão Imagens da sonda New Horizons de Plutão Duração do dia em Plutão Plutão gira como um pião executando um movimento que chamamos de rotação. Este planeta anão  gira muito lentamente, comparado com a Terra. Enquanto a Terra demora 24 horas, Olutão leva 6,4 dias terrestres para fazer uma rotação completa.  Imagine que a duração do nosso dia (dia/noite) é de 24 horas, a duração do dia (dia/noite) em Plutão é de 6,4 dias. Comparando Plutão com a Terra Em média, Plutão está a uma distância do Sol, de aproximadamente 40 vezes a distância da Terra ao Sol, ou seja, muito longe. Tem uma trajetória ao redor do Sol elíptica, o que faz que em alguns períodos ele se encontre mais próximo do Sol e em outros, mais distante. Plutão ao girar ao redor do Sol, traça um caminho (órbita) que pode levar aproximadamente  248 para dar a volta completa, é o que chamamos de ano do planeta. Lembre-se que a Terra demora 365 dias para completar o seu movimento ao redor do Sol.  Esta animação faz uma simulação do sobrevoo da da sonda americana New Horizons da NASA em  2015.  Nix Caronte Hydra Cérbero Plutão possui cinco luas conhecidas. Sua maior lua é Caronte, o seu tamanho é metade de Plutão. Utilizando o Telescópio Espacial Hubble, os astrônomos descobriram quatro outras luas de Plutão - Nix, Hydra, Cérbero e Styx. Estas luas são muito menores que Caronte.  Caronte Credits: NASA/ESA/A. Feild (STScI) Credits: NASA/New Horizons/SwRI Credit: NASA/JHUAPL/SwRI Luas de Plutão.
Já fui planeta, agora me chamam de planeta anão!